Archive for the 'Ponte Preta' Category

05
ago
09

Papel de Parede Ponte Preta

Para baixarem cliquem na imagem do papel e depois salvem ele
Papel de Parede 109 anos da Ponte Preta
Editado Por Valter AAPP
Não peguem o papel para fazer skin se não eu acusarei de plágio!!!
03
maio
09

DA-LHE PONTE É CAMPEA PRIMEIRO TITULO DE MUITOS

Créditos da imagem http://www.pontepreta.esp.br

Barueri, SP, 02 (AFI) – Depois de quase 109 anos de história, a Ponte Preta finalmente conquistou um título por uma competição de elite. A equipe campineira levantou a taça, após arrancar um grande empate contra o Barueri, por 1 a 1, na noite deste sábado, na Arena Barueri, na Grande São Paulo. Além da taça, a Alvinegra ganhou um prêmio de R$ 250 mil.

Confira tudo sobre as finais do Paulistão!

No jogo de ida, a Macaca havia vencido, por 2 a 0, e poderia até mesmo perder por um gol de diferença. Mas a equipe alvinegra fez mais. Depois de um começo de jogo ruim, o time se acertou em campo e acabou segurando o bom time do Barueri.

O único título que constava na galeria pontepreta era de campeã da Divisão do Acesso, em 1969. Curiosamente, o time entrou em campo com uma camisa comemorativa àquela conquista.

Agora, a Ponte volta suas atenções para as disputas da Copa do Brasil de do Brasileiro da Série B, que começa na próxima sexta-feira. Na terça-feira, o time enfrenta o Americano-RJ, pelas oitavas do torneio nacional. Já o Barueri vai estrear na elite nacional contra o Sport, sábado.

Retranca quase pôs tudo a perder
Sem poder contar com vários jogadores, entre eles o zagueiro Gum e o lateral-direito Edílson, a Ponte entrou em campo na retranca. Surpreendendo a todos, o técnico Marco Aurélio abdicou de manter a base que vinha atuando e mandou a campo a Macaca no 4-5-1, somente com Danilo Neco no ataque.

A tentativa do treinador alvinegro, entretanto, não deu muito certo. Como um rolo-compressor, o Barueri foi com tudo ao ataque e criou ótimas oportunidades de marcar. Explorando bastante as costas do lateral-direito Guilherme, o atacante Fernandinho infernizou a zaga pontepretana.

Dos pés dele, saíram, pelo menos, duas grandes chances. Uma acertou a rede pelo lado de fora e a outra parou nas mãos de Aranha. A postura completemente defensiva puniu a equipe campineira. Aos 26, o meia Éverton cobrou falta na área, o volante William ficou plantado no chão e o artilheiro Pedrão subiu sozinho para desviar de cabeça.

Percebendo que a formação, até certo ponto covarde, poderia resultar no segundo gol, Marco Aurélio mudou ainda no primeiro tempo. Saiu o meia Kim e entrou o atacante Márcio Mexerica. Com um a mais no ataque, a Ponte adiantou a marcação e conseguiu diminuir a pressão. Dessa forma, o jogo prosseguiu até o intervalo sem mais emoções.

Mexerica fez a diferença
Na volta do intervalo, o Barueri continuou com maior volume de jogo, mas, aos poucos, começou a ceder mais espaços para os contragolpes. A primeira boa chance de gol, aconteceu logo a um minuto. O meia Thiago Humberto soltou uma bomba de canhota, no meio da rua, e Aranha espalmou pela linha de fundo.

A Ponte, no entanto, continuou tentando encaixar seus contra-ataques sem muito sucesso. Aos seis, Danilo Neco escapou pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola passou por toda área e Márcio Mexerica não alcançou. Conforme o tempo passou, o nervosismo da equipe da Grande São Paulo aumentou.

Até que aos 22, a Macaca finalmente encaixou seu primeiro contragolpes. O meia Juan deu lindo lançamento para Márcio Mexerica, que, em posição legal, disparou em velocidade e bateu com categoria na saída do goleiro. O gol desestruturou os donos da casa, que lançaram com tudo ao ataque.

Sem muita organização, os donos da casa não se encontraram mais em campo e esbarravam na forte marcação visitante. Aranha, mais uma vez, fez defesas importantes. A melhor delas aconteceu aos 35, quando Pedrão fez fila, invadiu a área e chutou para boa defesa do goleiro.

Ficha Técnica

Barueri 1 x 1 Ponte Preta

Local: Estádio da Arena Barueri, em Barueri-SP
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Renda: Não divulgada.
Público: 5.483 pagantes
Cartões Amarelos: Daniel Marques, Xuxa e Franciscati (Barueri); Kim, Juan Marchísio, Guilherme e Aranha (Ponte Preta)
Gols: Pedrão aos 26’/1T (Barueri); Márcio Mexerica aos 22’/2T (Ponte Preta)

Barueri
Renê; Marcos Pimentel (Franciscati), Daniel Marques, Leandro Castán e Márcio Careca; Ralf, Everton (Luís), Thiago Humberto e Xuxa (Flavinho); Pedrão e Fernandinho.
Técnico: Estevam Soares.

Ponte Preta
Aranha; Guilherme, Marinho, Jean e Marrom; Deda, William, Tinga, Kim (Márcio Mexerica, depois Danilo Luís) e Juan Marchísio (Dener); Danilo Neco.
Técnico: Marco Aurélio.

Créditos Futebol Interior

Em Breve um Skin Da Ponte em deixem suas mensagens no mural Torcida da PONTE

Abre Passagem que o terror chegou chegaram os holigans do interior se nao abrir passagem nois vamo atrpela jovem ponte é nois que tá

Em breve imagens do titulo




Visitantes

Páginas

Lista de Links